Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

EUA: Bay Area compromete-se a reduzir 80% das emissões de gases com efeito estufa

Mäyjo, 12.02.14

EUA: Bay Area compromete-se a reduzir 80% das emissões de gases com efeito estufa

 

A área da Baía de São Francisco, também conhecida como Bay Area, comprometeu-se recentemente a reduzir cerca de 80% das emissões de gases com efeito estufa até 2050.

Os líderes da Agência para a Qualidade do Ar do distrito de São Francisco encarregaram já os funcionários da agência para começarem a trabalhar no plano que vai permitir reduzir as emissões deste tipo de gases para níveis inferiores aos registados em 1990.

A Bay Area é uma zona de São Francisco com níveis de poluição elevados, devido às refinarias que existem na zona. Para que este objectivo seja cumprido, as refinarias vão ter de reduzir as emissões de gases ou melhorar significativamente o seu desempenho ambiental.

Já em 2005, o então Governador do estado da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, implementou esta medida para reduzir as emissões de gases em 80%. Apesar de ser uma boa medida ambiental, alcançar esta meta requer nova legislação, incentivos do Estado e esforços redobrados tanto a nível regional como local. Apesar das dificuldades que o plano poderá ter pela frente, a Bay Area abraçou o desafio.

Um estudo, elaborado pelo Lawence Berkeley National Laboratory, indica que a Califórnia está no bom caminho para diminuir as emissões de gases com efeito estufa para níveis inferiores aos de 1990 até 2020, mas aponta que a meta de 2050 será mais realista.

Este estado norte-americano está a conseguir reduzir a emissão de gases poluentes através da implementação de várias medidas, mas os investigadores indicam que será necessário implementar novas tecnologias e políticas para atingir este objectivo até 2050, uma vez que as projecções demográficas apontam para um crescimento significativo da população ao longo das próximas quatro décadas.

 

Foto: Idleformat, sob licença Creative Commons